Psicoterapia Breve


Cada vez mais, devido ao ritmo e as pressões da sociedade moderna, o homem está propenso às angústias, depressões e medos que surgem inesperadamente. Muitas pessoas sentem a necessidade de investimento pessoal em psicoterapia, mas nem sempre dispõe dos recursos necessários para propiciar o acesso ao tratamento. Muitas vezes, o tempo é escasso, outras vezes o dinheiro é contado, ou ainda, há certa resistência em tocar em assuntos muitas vezes traumáticos e profundos para resolver algo mais superficial.
 
Atualmente, outro ponto fundamental é que estamos numa sociedade caracterizada pela pressa. As pessoas não possuem mais disponibilidade para comparecerem três vezes por semana por anos intermináveis, para tratamento psicoterápico. 
Com o término da Segunda Grande Guerra, devido a premência em minimizar o sofrimento de combatentes traumatizados e das famílias em readaptação, devido a perda de parte de seus membros, deu-se início o movimento das psicoterapias breves.
 
E o que seria a psicoterapia breve?
     
Entendamos psicoterapia breve como um processo não regressivo, com um tempo de duração pré determinado e reduzido em relação a psicoterapia clássica e objetivos delimitados, proporcionando insights predominantemente cognitivos. Por haver a limitação do tempo não age em âmbito tão profundo e desta forma não proporciona mudanças profundas de personalidade. Esta não é a técnica psicoterápica mais indicada para aqueles que buscam um processo de profundo auto conhecimento e transformação. Se não propicia grandes mudanças, qual a indicação da psicoterapia breve?

A psicoterapia breve é bastante indicada em situações de crise, onde uma intervenção é necessária para minimizar o desconforto ou a dor da situação imediata. Há as crises ativas, que geralmente são previsíveis e  geradas por ganhos (promoção no trabalho, chegada de um novo filho, casamento) e por perdas (quebra de relacionamentos, desemprego, diminuição do poder aquisitivo, luto) que geralmente acontecem de maneira inesperada na vida da pessoa. Ambas podem gerar um desequilíbrio e a consequente necessidade de readaptação. Na crise ocorre um bloqueio no processo de viver, é como se houvesse uma falha de adaptação e aquilo que era adequado até então, deixa de ser. Aparece a sensação de não estar dando conta da vida ou desta pesar demasiadamente. Surge a angústia que muitas vezes pode ser vivida inclusive corporalmente com somatizações.

A psicoterapia Breve requer do psicólogo especializado um planejamento onde é feito uma avaliação( diagnóstico Holístico) e será estabelecido um foco a ser trabalhado. O foco se refere a área que é circunscrita  ao trabalho terapêutico, o ponto emergente e trabalha somente neste âmbito; não havendo o aprofundamento e abordagem de todos os aspectos da vida do cliente.
O fato da psicoterapia ser breve não significa que não seja profunda, isso depende de pessoa para pessoa, como qualquer processo psicoterápico o diferencial de uma psicoterapia a longo prazo está no objetivo, no caso da psicoterapia breve é dar suporte para que o cliente fortaleça-se e volte a enfrentar o mundo sem as angústias e os medos próprios da crise.

Após o término do prazo estabelecido para o tratamento existe um prognóstico, onde a pessoa e o terapeuta fazem uma revisão do processo juntos e o terapeuta pode dar orientações para os próximos passos.

A pessoa pode em um outro momento da vida dela buscar um processo de auto conhecimento e transformação intensos, nesse caso recorrerá a uma terapia sem tempo previsto para o término o que poderá agir em um ámbito mais  profundo e desta forma proporcionando mudanças profundas de personalidade.
 
Na Clínica Ceres trabalhamos a psicoterpia Breve com abordagem Junguiana que ajuda a pessoa a entender sua queixa, sua finalidade e trabalha o lado mais saudável  da pessoa, utilizamos na terapia recursos que possam atender a focalização de sua atenção em função da queixa trazida, mobilizando o processo criativo, afim de resgatar a saúde mental, emocional e física (no caso de somatizações).
 

Clínica Ceres

Notícias e Artigos

Notícias e Artigos

Cadastre-se e receba as últimas novidades por email:

Copyright © 2010 - Clínica Ceres - Psicologia e Acupuntura - Todos os Direitos Reservados. site by Monndo.com