Orientação para Pais e Famílias

A Família é a responsável por promover a segurança, o amor, o acolhimento, o apoio necessário para o desenvolvimento saudável tanto físico, como emocional, mental e até mesmo espiritual de seus membros.

É através da família que a criança desenvolve sua estrutura psíquica, forma os conceitos e regras que determinarão sua ética futura, forma sua personalidade, desempenha papéis, compreende as funções de cada membro bem como adquire a noção de autoridade e hierarquia. Estar em família é uma oportunidade de lidar com as diversas gerações, com suas crenças, suas regras, seus costumes e valores, suas diferenças e as relações estabelecidas entre seus membros. Dentro da família temos o nosso primeiro treino de como lidar com o mundo.

O papel da família é educar os filhos preparando-os para a vida e para o convívio social saudável e isso compreende o bom relacionamento entre o casal, com diálogo, respeito e entendimento mútuo, amor, troca de idéias, bem como saber colocar limites no momento certo, dar ordens, ajudar a criança a lidar com frustrações, com o egoísmo (que já nasce com ela), com a impulsividade, entre outros sentimentos, através da educação ajudando-a a desenvolver o respeito e a disciplina.

É natural e esperado que os pais exerçam a liderança tanto na tomada de decisões como nas escolhas que acreditam ser as melhores para os filhos no período da infância. Nesse período os filhos geralmente assumem um papel mais receptivo e passivo. Porém, na adolescência normalmente começam os conflitos, pode haver a tentativa dos pais em querer manter os filhos como crianças ou então, os mesmos delegam poder demais aos filhos que ainda não tem condições de assumir uma determinada situação sozinhos ocasionando problemas familiares ou mesmo sociais.

O trabalho em orientação aos pais e famílias, de crianças, adolescentes ou adultos, visa compreender as dificuldades de relacionamento que podem ocorrer entre os membros de uma família, identificando o papel exercido por cada membro, detectando a origem do conflito, a evolução do comportamento, emoção e atitude de cada um no contexto familiar, bem como o prognóstico para a situação mediante o envolvimento de cada um nesse processo de ajuda.

Também oferecemos o mapeamento dos tipos psicológicos da família, o que pode auxiliar muito na solução de conflitos. O tipo psicológico é a forma que cada um tem de canalizar sua energia, perceber todas as coisas e julgá-las, é a forma como cada um funciona em sua relação com o mundo, é o jeito como cada pessoa consegue se adaptar. Muitas vezes, ocorrem conflitos na família porque o “modus operandi” do indivíduo não é respeitado e acolhido.
 
Quando cada um tem um tipo, pode acontecer de um não conseguir entender o jeito de funcionar do outro, surgindo críticas e desentendimentos. O mapeamento dos tipos psicológicos deixa claro como é o estilo de cada um facilitando a convivência com as diferenças que são benéficas e devem ser respeitadas.
O atendimento pode ocorrer por um período continuo de tempo ou por meio de sessões esporádicas, dependendo da necessidade e disponibilidade de cada um.
 
 
 Clínica Ceres

Notícias e Artigos

Notícias e Artigos

Cadastre-se e receba as últimas novidades por email:

Copyright © 2010 - Clínica Ceres - Psicologia e Acupuntura - Todos os Direitos Reservados. site by Monndo.com