29 de março de 2010
Aromatize o quarto para ter bons sonhos


 

Um dia agitado faz com que o seu corpo guarde alguns reflexos sentidos na hora em que você vai dormir. Resultado: sonhos agitados e nada agradáveis. Porém, para acabar com esse transtorno, um estudo apresentado na reunião anual da Academia Americana de Otorrinolaringologia em Chicago tem a solução.
 
O truque é ter um ambiente com um aroma agradável durante o sono. A sugestão dada pelos pesquisadores é borrifar essências de flores no travesseiro. O fato foi confirmado após voluntários serem expostos a cheiros como perfumes de rosas e ovo podre.
 
O aroma era borrifado no ar após os participantes entrarem na fase em que os sonhos são mais intensos. Logo em seguida, foram acordados e relataram a sensação que tiveram. Embora o cheiro não tenha sido lembrado, aqueles que foram expostos ao odor ruim contaram que tiveram sensações desagradáveis e uma lembrança negativa do sonho.
 
O coordenador da pesquisa, professor Boris Stuck da Universidade de Mannheim, na Alemanha, pretende agora fazer estudos com pessoas que sofrem com pesadelos constantes e tentar reverter esse quadro.
Os benefícios da pesquisa também serão utilizados para novas terapias para quem sofre com distúrbios do sono. Pesquisas anteriores já mostraram efeitos de outros estímulos para influenciar nos sonhos, como som, pressão e vibração.
 
O especialista em sono Irshaad Ebrahim, do London Sleep Centre, na Grã-Bretanha afirma que já é conhecida a relação entre estímulos externos e os sonhos. Quem desejar fazer alguns testes de como ter noites sempre agradáveis, a aromaterapeuta Samia Maluf dá as dicas:
 
A ansiedade torna-se um problema quando é excessiva e prolongada, geralmente desencadeada por fatores não-concretos. Logo, o corpo responde com enxaqueca, alergias, insônias, problemas digestivos e tensões musculares não existentes, prejudicando a saúde. Nos momentos em que se faz necessário diminuir os efeitos do mal com óleos essenciais puros, quando utilizados em banhos, massagens, diluídos em cremes e óleos ou na aromatização de ambientes.
 
Nestas situações, vale usar bergamota, camomila, sálvia esclaréia, cipreste, olíbano, gerânio, junípero, lavanda, limette, manjerona, néroli, patchouli, rosa e ylang-ylang , afirma a especialista.
Também é importante ficar longe de chás que contenham cafeína, bebidas alcoólicas e café.

Publicado em 25/9/2008 no site www.minhavida.com.br

Notícias e Artigos

Notícias e Artigos

Cadastre-se e receba as últimas novidades por email:

Copyright © 2010 - Clínica Ceres - Psicologia e Acupuntura - Todos os Direitos Reservados. site by Monndo.com